8
jan
2018

Prefeitura ou Unopar, quem banca os alunos bolsistas da Faculdade?

Leitora do Blog entrou em contato com o colunista preocupada com a situação das bolsas que cerca de 60 alunos possuem na Unopar. “Estamos entre esta guerra de Prefeitura e Unopar, a Prefeitura se comprometeu em pagar as bolsas para os alunos bolsistas e até agora nada e a Unopar manda que os alunos procurem a Prefeitura para resolver”, disse ela. O tema é complexo e existem diferentes entendimentos. Consultada, a Secretária de Educação, Gilça Silva, disse apenas que aguarda um Parecer Jurídico da Procuradoria da Prefeitura. Para o Diretor da Unopar Pólo Gramado, Tailor Schmitt (foto), com a saída das dependências da Escola Senador encerra-se o pagamento das bolsas de alunos indicados pelo Conselho de Educação. Tailor disse ainda que “a Prefeitura pretende manter e absorver o pagamento das mensalidades dos atuais bolsistas e me parece estar encaminhando Projeto para a Câmara de Vereadores”, comentou. A Unopar está desde 2006 em Gramado.

Segundo o Procurador Adjunto da Prefeitura, Felipe Ribas Dourado, “a questão está sendo tratada no Conselho Municipal de Educação que entende, na maioria, que é obrigação da Unopar manter as bolsas, pois era a contrapartida pela utilização do espaço antigo junto a Escola Senador Salgado Filho”. Ele comenta ainda, que, “há o entendimento compartilhado por muitos, inclusive de lideranças politicas, que ao acordar com as condições estabelecidas pela utilização do espaço a Unopar tem este ônus”, destacou Felipe. Ele diz ainda que sobre o aspecto jurídico, “não é obrigação do Município subsidiar o Ensino Superior, ele pode desde que seja atendida na plenitude a Educação Básica”, comentou o Procurador Adjunto.

O Prefeito Fedoca Bertolucci (PDT) entende que os alunos não podem ser penalizados.

O valor das bolsas gira e torno de 12 mil reais mensais. O ano começa com este sério problema na Educação para ser resolvido.