1
mar
2017

Influência de Gramado fará dobrar investimentos na rede hoteleira de Canela

Pelas informações recebidas, existem quatro empreendedores com a intenção de construir novos hotéis em Canela, para se somar aos 77 já existentes e ao novo Vivace que está em fase final de construção no centro da cidade, com abertura prevista para a temporada de julho deste ano. Segundo o site Frontdesk Tur, esta revoada tem cheiro de influência da vizinha Gramado, que tem intenção de dobrar seu parque de seis mil quartos em dez anos (30% disso já está garantido para 2020), mesmo sofrendo algumas resistências.

A configuração da hotelaria de Canela tem uma forte presença de pequenos empreendimentos. Neste ano de 2017 (já contando a entrada do novo equipamento da Laghetto, de 121 quartos, prometido para julho), serão cinco grandes hotéis (mais de 100 UH), dois hotéis médios (de 51 a 100) e mais de 70 pequenos hotéis e pousadas, perfazem mais de 1800 quartos. Os grandes e médios hotéis representam 51% dos quartos disponíveis.

Com a vinda destes novos projetos, Canela dará um pulo em direção a mais 580 quartos, representando um acréscimo na oferta, de 32% em número de quartos, em cima de taxas de ocupação históricas, que sempre se posicionaram abaixo de 50% nos últimos dez anos. Além disso, para cada quatro novos quartos de hotel construídos, é gerado um emprego direto e um indireto, isso representará 290 novos postos de trabalho, gerando impactos em novas necessidades de moradias, escolas, abastecimento e saúde, diz o site.