16
abr
2019

Gramado pode virar uma cidade sem táxis

Gramado conta hoje com 35 placas de táxi. “São cerca de 90 famílias que dependem desta atividade para manterem a sobrevivência”, disse Jonata Foss da ATAG – Associação dos Taxistas Autônomos de Gramado. Segundo relato também de seus colegas, José Luiz Silveira e Velci Abreu Dornelles, o “Xixo”, da ATAG, “estamos perdendo motoristas, não rende mais”. Eles contaram que motoristas contratados para o serviço de táxi acabam mudando de ramo pois o táxi não rende o suficiente para se manterem. “O táxi não dá mais para sobreviver, e eles acabam indo trabalhar em restaurantes e hotéis que ganham mais”, relatam. Finalizando os taxistas fizeram uma revelação séria: “se continuar assim, logo Gramado não terá mais táxis, é uma realidade próxima”, lamentaram.